header

Notícias

  • 'Hoje no Cineport, sessão dos curtas e longas ganhadores e reprise de 'Hoje Eu Quero Voltar Sozinho''

    13 / 04 / 2014

    À pedido do público, Cineport reprisa filme de Daniel Ribeiro

    O Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa (Cineport) chega neste domingo, 13, no seu último dia. Nas sessões de hoje será possível ver todos os curtas ganhadores do prêmio Andorinha de Curta e os dois filmes paraibanos, um vencedores do prêmio Energisa. Haverá também sessão do filme “Hereros”, de Sérgio Guerra, “O Que Se Move”, eleito melhor longa e uma reprise pedida pelo público: “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”.

    As sessões começarão mais cedo. Já às 15h o filme “Hereros”, de Sérgio Guerra, será exibido na Sala Vladimir Carvalho. O filme mostra os Hereros que habitam as terras do sudoeste de Angola. Provenientes dos povos bantos, os Hereros são donos de uma tradição ancestral que é passada oralmente de pais para filhos.

    Às 17, na Tenda Andorinha, será a vez do vencedor do Troféu Andorinha Criança, “Meu Pé de Laranja Lima”, de Marcos Bernstein. No filme conta a história de um garoto de oito anos que, apesar de levado, tem um bom coração. O menino leva uma vida modesta, devido ao fato de que seu pai está desempregado há bastante tempo.

    Em paralelo será exibido na Sala Vladimir Carvalho cinco curtas na Sessão Guimarães Capital da Cultura da Européia e às 19h o filme “A Mãe e o Mar”, de Gonçalo Tocha. O filme ganhou prêmio Andorinha de Melhor Montagem. “A Mãe e o Mar” conta o dia a dia das mulheres pescadeiras da praia de Vila Chã, nos arredores de Vila do Conde, em Portugal.

    Às 19h30, na Tenda Andorinha, será reprisado o filme ganhador na categoria longa: “O Que Se Move”, de Caetano Gotardo. A exibição será na Tenda Andorinha. O filme conta a história de três famílias distintas que estão tendo que lidar com a chegada - ou perda - de um filho.

    Filme Linear, de Amir Admoni (Melhor Animação em Curta).

    As sessões dos ganhadores na categoria curtas será exibida também na Sala Vladimir Carvalho. Os filmes “Linear”, de Amir Admoni (Melhor Animação); “A Comunidade”, de Salomé Lamas (Melhor Documentário) e “Mulher Mar”, de Filipe Pinto e Pedro Pinto (Melhor Ficção) serão os primeiros a serem apresentados ao público. Logo depois será a vez dos premiados do Troféu Energisa: “Capela”, de Ramon Batista (Menção Honrosa) e “Desejo do Morto”, de Ramon Porto da Mota (Melhor Filme).

    Imagem do filme "Desejo do Morto", de Ramon Porto Mota (Melhor Filme - Energisa)

    Às 21h30 dois curtas da Sessão Guimarães Capital da Cultura, na Sala Vladimir Carvalho, serão exibidos.

    E para fechar a programação, a pedido do público, o filme “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” será reprisado às 21h15, na Tenda Andorinha. Ontem a sessão prevista para o longa deixou cerca de 400 pessoas de fora. Sensibilizados pela acolhida do público a distribuidora do filme, Vitrine Filmes, permitiu uma nova sessão. O Cineport agradece o gesto da distribuidora que favoreceu o público do festival.

    Confira abaixo toda a programação:

     

    15:00

    Sessão Cinema Contemporâneo África Lusófona

    Sala Vladimir Carvalho

     Hereros, de Sergio Guerra

    Duração 86 minutos

     

    16:00

    Estreia do Cinema Paraibano

    Tenda Andorinha

    Aparição, Jacinto Moreno.

    Duração 70 min

     

    17:00

    Filme vencedor do Troféu Andorinha Criança

    Tenda Andorinha

    Meu Pé de Laranja Lima, de Marcos Bernstein

    Duração 83 min

     

    17:00

    Sessão Guimarães Capital da Cultura da Européia

    Sala Vladimir Carvalho

    O Berço Imperfeito, de Mário Ventura

    Duração: 15 min

    Onde a Estrada Acaba, Novais Teixeira

    Duração: 23 min

    Uma semana em Guimarães, Novais Teixeira

    Duração: 50 min

    Escala, de Fábio Panela

    Duração: 23 min

    Lixo & Co., de David Ferreira

    Duração: 10 min

     

    19:00

    Troféu Andorinha Documentário

    Sala Vladimir Carvalho

    Melhor Montagem Gonçalo Tocha

    A Mãe e o Mar, de Gonçalo Tocha

    Duração 70 minutos

     

    19:30

    Troféu Andorinha

    Melhor Filme – Caetano Gotardo

    O Que Se Move, de Caetano Gotardo

    Duração 97 minutos

     

    20:30

    Sessão Filmes Vencedores Cineport

    Sala Vladimir Carvalho

    Troféu Andorinha Curta/Troféu Andorinha Média

     

    Linear, de Amir Admoni, (Prêmio Andorinha Animação)

    Duração 6 minutos

    A Comunidade, de Salomé Lamas (Prêmio Andorinha Documentário)

    Duração 23 min

    Mulher Mar, de Filipe Pinto e Pedro Pinto (Prêmio Andorinha Ficção)

    Duração 20 minutos

     

    Prêmio Energisa Estímulo ao Audiovisual Paraibano 

     

    Capela, de Ramon Batista (Menção Honrosa)

    Duração 14 minutos

    Desejo do Morto, de Ramon Porto da Mota (Prêmio Energisa)

    Duração 33 minutos

     

    21:15

    Sessão Cinema Contemporâneo Brasil

    Tenda Andorinha

    Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro

    Duração 96 minutos

    *Melhor filme da Sessão Panorama e vencedor do Troféu Teddy do Fes- tival de Berlim.

     

    21:30

    Sessão Guimarães Capital da Cultura Européia

    Sala Vladimir Carvalho

    O Tempo passado é já o tempo Futuro,  de Jorge Campos

    54 minutos

    Raul Brandão era um grande Escritor,  de João Canijo

    34 minutos

     

  • incentivo
  • patrocinio

    logo_patrocinio
  • Realização

    fojblogo
  • mincultura

    cineport na rede

    linhafooter