header

Notícias

  • 'Festival CINEPORT divulga sua programação.'

    24 / 03 / 2014

    O  Festival de Cinema dos Países de Língua Portuguesa – CINEPORT é o maior e mais prestigiado evento de cinema dedicado ao audiovisual lusófono. Na sua sexta edição, o evento promovido pela Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho e patrocinado pela Energisa por meio da Lei Federal de Incentivo á Cultura divulgou nesta segunda feira (24) os filmes, shows e eventos que irão compor boa parte de sua grade de programação.
     
     
    A programação de filmes se dividirá entre os filmes vencedores do Troféu Andorinha Longa Metragem, que foram escolhidos previamente por um júri formado por renomados  críticos e jornalistas brasileiros e portugueses, os filmes selecionados para a  competição de curtas e médias metragens, a seleção paraibana de curtas que  concorrem ao Prêmio Energisa Estímulo ao Audiovisual Paraibano e os filmes especiais  como os da Mostra do Cinema Contemporâneo Brasil-Portugal-África  e da Mostra  Guimarães Capital da Cultura Europeia.
     
    Entre os filmes vencedores do Troféu Andorinha destaque para “O que se Move” de Caetano Gotardo, eleito pela júri CINEPORT o melhor filme lançado comercialmente em 2013 no âmbito dos países de língua portuguesa. O filme que poderá ser visto no dia 11 no Festival, em sessão que contará com as presenças já confirmadas das atrizes Fernanda Vianna  e Cida Moreira, aborda três histórias em paralelo: uma diz respeito a pedofilia; a outra, a um reencontro familiar; a terceira a morte de um filho pequeno em circunstancias inesperadas. Tragédias do cotidiano tratadas de forma poética e melancólica pelo jovem e talentoso diretor Caetano Gotardo. Nas mostras competitivas 39 filmes oriundos do Brasil e Portugal concorrem ao Troféu Andorinha Curtas e Médias e 27 produções foram selecionadas para o Prêmio Energisa de Estímulo ao Audiovisual Paraibano. Os filmes da África Lusófona terão lugar na Mostra Cinema Contemporâneo Africano onde raridades como os filmes dos diretores guineenses Sana Na Hada e Flora Gomes serão exibidos.
     
    Os shows apresentados no Festival prometem levar ao público paraibano a nova safra da produção musical portuguesa representada pelas cantoras e divas Carminho e Lula Pena, a banda Osso Vaidoso, além dos  DJ  Mike Stellar e White Haus que obviamente apresentarão uma seleção das pistas europeias e prometem colocar todo mundo para dançar. Do lado paraibano, shows com as bandas Troça Harmônica, Cabruêra, Os Gonzagas e Star 61, entre outros nomes listados, devem animar as noites ecléticas com muito forró, rock e MPB para o deleite dos convidados internacionais do evento e para o público local já familiarizado com a música de grande qualidade que a Paraíba produz, um verdadeiro celeiro musical no Brasil.
     
    O Festival também contará com exposições e instalações artísticas dos portugueses Daniel Blaufuks e Pedro Bastos, do fotógrafo paraibano Augusto Pessoa, peça de teatro e lançamento de livros.  O festival promove ainda uma agenda específica voltada para a classe cinematográfica com o 1  Encontro Nacional de Polos e Arranjos Produtivos de Audiovisual que buscará fomentar a regionalização da produção audiovisual. 
     
    Confira abaixo a programação de abertura, e os links com as listas dos filmes vencedores e selecionados e a agenda de shows:
     
    PROGRAMAÇÃO DE ABERTURA 
     
    DIA 04 DE ABRIL 
     
    Local: Usina Cultural Energisa - Rua Juarez Távora , 243 – João Pessoa – Paraíba
     
    18h00 - Abertura das exposições dos artistas portugueses Daniel Blaufuks e Pedro Bastos.
     
    18h30 - Sessão de Abertura na Tenda Andorinha com convidados, autoridades  e cineastas dos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa- CPLP.
     
    19h00 - Exibição dos curtas da Mostra Guimarães Capital da Cultura Europeia:  “O bravo som dos tambores” de João Botelho, “A Palestra” de BRUNO DE ALMEIDA  E “EM HONRA DE SÃO GUALTER” DE RUI SIMÕES.
     
     
     
     
     
  • incentivo
  • patrocinio

    logo_patrocinio
  • Realização

    fojblogo
  • mincultura

    cineport na rede

    linhafooter