header

Notícias

  • 'Bons ventos de esperança'

    25 / 09 / 2011

    Por Bruno Calixto
    Colaborador

    Na noite da última sexta, a cantora e compositora Sara Tavares demonstrou que trocou a ingênua vontade de atuar com música pelos calorosos aplausos do público que lotou a Tenda Música do Cineport. Se a carreira começou aos 16 anos, hoje, 17 anos depois, Sara não tem mais dúvida do que quer para o resto de sua vida. “Minha primeira vez em João Pessoa está sendo maravilhosa pelo calor e pela simpatia das pessoas. Sinto-me em casa, até porque utilizo certas influências naturais das Américas em meu trabalho”, ressaltou a cantora durante a passagem de som.

    Natural de Portugal, Sara Tavares tem descendência direta (pai e mãe) de Cabo Verde, onde, pelas referências, é conhecida como uma espécie de sucessora da diva Cesária Évora. Mas independentemente de qualquer título, a artista, que reveza um instrumento cabo-verdiano e outro no palco, informa que pretende firmar parcerias no Brasil. Ela diz que já recebeu um convite da cantora baiana Daniela Mercury para um projeto em conjunto.

    Além disso, Sara vem conquistando o público europeu, uma vez que tem apostado no circuito musical do Velho Continente. Mas sem deixar sua herança cultural para trás. “Que delícia poder conferir os filmes de Cabo Verde no Cineport. São trabalhos de bom gosto que mantêm a tradição”, ela destaca, anunciando um próximo CD, ainda sem previsão de lançamento. “Um país que prima pela estética está credenciado a ter um olhar social sobre o povo. É desta forma que os cineastas cabo-verdianos vêm fazendo. Afinal, um país tão pequenino tendo todo esse reconhecimento é sinal de esperança.”

  • incentivo
  • patrocinio

    logo_patrocinio
  • Realização

    fojblogo
  • mincultura

    cineport na rede

    linhafooter